11/01/2011

A felicidade passou-me ao lado...

Tudo era belo, a felicidade que não sabia que existia estava em frente dos meus olhos…
Era incrível como podia viver tão feliz no meio de desgraças, mas de alguma maneira conseguia…
A minha felicidade absoluta estava quase a alcança-la num par de meses, mas então tudo acabou…
A minha felicidade afastou-se de mim, deixou-me sozinho.
A felicidade burlou-se de mim…
Fiquei a pensar na minha própria vida, na vida dos que me rodeiam e sempre escutei que "antigamente" eram felizes.
Dás-te conta de que nunca estamos conformes e sempre sentimos falta do tempo passado?
Quem de nós não foi ferido durante a sua vida? 
Lamentavelmente as feridas que sofremos durante as nossas vidas muitas vezes não se podem evitar. 
Estas vêm acompanhadas de dor, tristeza e muitas, muitas lágrimas. 
Quando alguma situação, pessoa ou o nosso próprio ser se magoa a si mesmo, só podemos ocultar o que sentimos perante os outros, regressar ao nosso cantinho e amanhã tentar ser melhor...
Pois como já se sabe o que se faz tanto de bom como de mau sempre nos retorna a dobrar...

2 comentários:

sophie disse...

E muitas... muitas lágrimas...
Ainda não cessaram...
Mas não seria já altura de o fazerem???
Não será já altura de perdoar e ser perdoado???
Não será já altura de hoje tentar ser melhor???
Não será já altura de amar e ser amado???

Zé de Melro disse...

Grandes verdades!