28/02/2011

Pensamentos

Uma vida estéril é como um ano sem vento.

Sem comentários: