02/04/2011

Olhos

O mundo está cheio de olhos.  
À noite raios cintilantes ou luzes que cegam.  
Alguns como os teus ...me apaixonaram.  
Alguns olham para dentro, outros nem isso. 
Eu vivo num olhar,  
como a letra de um fado resiste ao esquecimento.  
De dentro de mim até ti.  
Olhos são mares,  
ramos de rosas vermelhas...paixão,  
ilusão,
desejo
e por vezes solidão ...  
Quando me sinto assim, 
basta olhar
profundamente nos teus
e amarrar-me a eles, numa prisão de liberdade.  
Olhos...
Olhares ...  
A alma a primeira vista.
Os teus olhos, pregos que me seguraram na minha cruz.
Olhos de consoantes, 
silabas,
vogais,
versos,
poesia,
harmonia,
que me iluminam noite e dia,
e agora irei sonhar com eles,
para me sentir em tua companhia.

2 comentários:

sophie disse...

E eu já estava a sonhar contigo... :)
Amo-te

Jonh Lemmon disse...

:)