16/08/2011

ÀS vezes

Às vezes esquecemos,
outras recordamos,
às vezes não ouvimos,
outras fugimos ensurdecidos,
às vezes somos fracos,
outras invencíveis,
às vezes não nos importamos,
outras compreensíveis,
às vezes somos tristes acompanhados,
outras felizmente invisíveis,
às vezes  escondidos,
outras de braços abertos para o mundo,
às vezes sentimos dor,
outras prazer profundo,
às vezes somos nós,
outras estranhos confusos,
às vezes consciente,
outras loucos eloquentes,
às vezes pensamos,
outras disparamos,
às vezes somos...
outras não...



1 comentário:

José Vieira Carvalho disse...

a melhor coisa que já escreveste. abraço