18/01/2012



... Alguém esquecido num recanto da noite, espera ver a luz 
do dia num  qualquer abraço,
entrelaçar as mãos em alegria doce na alma quente dum amigo,
respondendo a questões antigas, empoeiradas, já arrumadas entre nevoeiro,
olhar nos olhos calmos do reencontro saudoso, sonhado faz muito.
Somos feitos de alma escondida num rosto de expressões contraditórias,
somos o mundo no mundo dos outros, somos a maquina, somos a energia...
Somos esse abraço reconfortante,
onde se fecham os olhos ... 
Abrindo a nossa alma sem rosto, flutuando a dois, em sexto sentido.





3 comentários:

Uma boa parte de mim disse...

somos um mundo no mundo dos outros e um universo inteiro, dentro de nós

Sónia M. disse...

"Somos feitos de alma escondida num rosto de expressões contraditórias,"
Gosto da maneira como escreves. :)

Fátima disse...

Oi John,

E os sonhos e desejos seguem...
Gostei muito.

Beijo meu